quinta-feira, 12 de agosto de 2010

2º ENCONTRO DE NACALENSES


(Em cima: Cortêz; Ferrer, Isabel Estorninho, Anabela, Victor, Alice; Meireles.
Em baixo: Isabel, Eduarda (Nita), Mabília, Margarida, Elisa)

O 2º Encontro
da minha Infância de Nacala,(conforme foto ao lado), realizou-se em Espinho em 12 de Junho 2010, a cargo do amigo Carlos Ferrer. Este Ano vieram mais pessoas que se quiseram juntar a nós depois de um Joaquim Gonçalves ter "descoberto" o meu BLOg, e nos ter dado mais uns contactos como por exemplo as irmãs Maria e a Margarida (filhas do Silva, pescador).
Também da minha Primária apareceram mais dois colegas (a Nita e o Victor).
Uma grande alegria que todos esperam poder continuar a "reviver" e ver também aumentar o número de adesão!
Para o Ano, o encontro ficou marcado para a zona de Óbidos a cargo da grande amiga Alice Rosa (que trabalhou na Deta em Nampula).
Força amiguinha, podes contar com a minha colaboração...


Esta é a foto de alguns dos Nacalenses presentes.
Maputo em 2010 on PhotoPeach

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

RECORDAR PALAVRAS MACUAS...





A minha amiga São Gomes (antiga colega de curso de Nampula), ofereceu-me "O Dicionário Macua".
Não imaginam o meu contentamento por poder lembrar algumas palavras que o tempo já fazia "esquecer"...

Como sei que tenho amigas/os, que também gostarão de "recordar", aqui vão algumas mais conhecidas...

Numeração até 1O:
1 = Mmosá
2= Èli
3= Ararú
4= Asheshé
5= Athanú
6= Athanu namosa
7= Athanu n'éli
8= Athanú n'araru
9= Athanu n'asheshe
10= Mulukó


Koshukuru!/; Kotchapela = Obrigado!
Kwakwána = Velho
Muthiyana Okwasha = Velha
Muthiyana = Mulher
Mwarusi = Menina (adolescente)
Mákha = Sal
Masi = água
Makhura = óleo
Mikhala; Makhala = carvão; carvoeiro
Munjene = Muito
Mosheleliwa ! = Bom dia!
Mulupale = Grande
Mukavi? = Quanto?
Muluku = DEUS
Mùnkhela= Saudade
Musurukhu = Salário/dinheiro
Muteko = Trabalho
Namuteko = Operário
Mwalapwa = Cão
Namarokolo = Coelho
Nsana = Ontem
Ohiyu = Noite
Ohíla = Escuridão
Owákuveya ! = Rápido
Onanara = Feio
Orèra = Belo
Orèra Murima = Bondoso
Orrera = Bom
Orupa = Dormir
Osiva = Saboroso


Obrigada Sãozita pela tua amizade!
Deixo-te uma foto da "tua Nampula" e outra da "minha linda praia" de Fernão Veloso!

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

DE NACALA e LUMBO A FERRAGUDO - (re)encontros


Com que emoção começo a ver o meu Blog a dar os seus "frutos"...
Os "macuas"de Nacala, vão-me (re)descobrindo e os encontros começam a acontecer...

Foi a 13 Maio de 2008 que Aurora Belchiorinho, prima do José Patacola de Nacala,começou a deixar comentários no meu Blog.
Depois de algum tempo e troca de e.mails, combinámos encontrar-nos para nos conhecermos,em Ferragudo (onde costumo passar as férias).
Aconteceu em 5 de Dezembro de 2009.
Como falar de África sempre nos "encanta", a empatia é uma certeza.
Por isso, o nascimento de uma nova amizade!






Em 11710/2008- Rui Monteiro, filho mais novo da D. Alice e Sr. Monteiro da Brigada de Portos, que me perguntou se eu era a filha do Oliveira da Brigada, etc...

6 de Abril de 2009, a Sara Cabral, filha do Toninho, um bom amigo que já nos "deixou", publicou o seu comentário. Tive pena que não tivesse fornecido o seu contacto para a poder conhecer.

Em 2009 o Victor Agostinho da foto da minha Primária... também me contactou e já veio ao 2º encontro dos Nacalenses em Espinho.

11/12/2009- Artur Tavares no Brasil, dizendo que também tinha ido para Nacala em 1968.

2010- a Lena Costa reviu-se nas meninas da Primária do Lumbo. Uma alegria para ela e para mim também. Combinámos que nos iríamos encontrar em breve. Entretanto já me mandou fotos antigas e actuais da sua família.

27/03/2010 - Olinda Gil (filha do Gil Alves), depois de troca de e.mail, combinámos encontrar-nos este Verão em Ferragudo, já que é Professora no Alentejo. Aconteceu em 10 de Julho. É uma simpatia de pessoa, como não poderia deixar de ser...
Aqui deixo a foto para recordar este lindo momento!








Verão de 2009- Isabel Maria Morais, hoje professora a trabalhar em Macau, deixou uma mensagem dizendo que também passou por  Nacala no tempo da minha instância. Este ano ao vir de férias a Portimão, combinámos reencontrar-nos em Ferragudo o que aconteceu a 29 de Julho, conforme foto abaixo.











22.11.2010 - Michelle Wellenkamp, filha do piloto da barra na altura da Independência, nascida na Ilha de Moçambique e que também me quis conhecer! Uma ternura de pessoa.
O "encontro" realizou-se a 4 de Dezembro na residência de seus pais em Leiria.

Como é bom "encontrar" pessoas que têm as mesmas afinidades que nós, os mesmos "cheiros" e "sabores tropicais", o poder recordar os "belos momentos passados em África"!  
Que dizer das" amizades sinceras, duradouras", nascidas no isolamento das grandes distâncias...
Tudo isto e muito mais...que só entende quem viveu em África.

KANIMAMBO AMIGAS(OS) ATÉ SEMPRE!


e...

Setembro de 2011, encontrei-me com a Lena (do Lumbo) e o seu simpático marido.
Foi um prazer este reencontro como não podia deixar de ser.

Também no início de 2016, encontrei mais um antigo colega da escola do Lumbo, que "descobriu" este Blog e me quis contactar.
É o Mário  Freitas que está actualmente a residir em Portimão. Como tenho casa em Ferragudo, logo se combinou o encontro.  Gostei de o rever e de conhecer a esposa.

Aqui fica a foto do casal simpático.

terça-feira, 1 de junho de 2010

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Fotos e Paisagens de Nacala em 2010

Fotos de Nacala e as suas paisagens em 2010 on PhotoPeach

Fotos e Paisagens de Nampula em 2010

Fotos e Paisagens de Nampula em 2010 on PhotoPeach

segunda-feira, 19 de abril de 2010

AVENTURA EM ÁFRICA - REVIVER MOÇAMBIQUE








No dia 20 de Março de 2010, Sábado, partia de Lisboa com destino ao Maputo, um pequeno grupo de amigos para a "viagem das suas vidas".
Alguns havia já mais de 35 anos que não voltavam...Emoções fortes, alegria e... muita expectativa.








Maputo - Praça Mac-Mahon




Agora com este bonito Casino...(junto à marginal)







A caminho da Costa do Sol...







Porquê, chamar-lhe "uma aventura em África"?!

Sim, agora é quase uma "aventura" fazer o que fizémos, ir do Norte ao Sul em "mini-bus"(Beira/Maputo), para conhecermos outras praias, outras paisagens e outras "gentes", como por exemplo, Vilanculos e Inhambane (a terra da boa gente) e levar 10 ou 11 h para fazer 400/500Kms, etc...

Embarcámos inicialmente apenas 7, mas o grupo era constituído por oito: eu e marido, Ilda Santos e dois filhos (a Lídia e o Pedro, que se integraram muito bem no grupo), a Maria João F.Lopes o Carlos Matos que era de António Enes, mas amigo da Ilda da Faculdade, e por fim a Maria de Jesus M. Ferreira que só poderia embarcar dia 22 (Segunda).
Gastar o mínimo e ver muito, era o nosso lema...




Alugámos um Mini-bus para o grupo de 8 que andava sempre carregadinho (cheio de bagagem que ía aumentando com as compras), principalmente da Maria Jesus, que queria ajudar "todos nas suas pobrezas" e se entusiasmava com tudo, porque "belo, e barato" (conchas, pau preto, pau rosa, castanha de caju, capulanas).

A pedinchice da garotada é muita e põe-nos indispostos, porque não nos largam, quase forçando-nos a comprar alguma coisa.Mas, como eu sempre digo: a paisagem, os cheiros, a fruta saborosa, o calor, as belas praias, enfim tudo que é natureza, estão lá (embora a desilusão seja grande) ao vêr uma cidade que era linda, florida, de ruas largas e paralelas, bem deliniada, agora tão cheia de buracos e buracões, com lixo por todo o lado, não apetecendo mesmo andar a pé. É realmente uma tristeza para quem volta!

As minhas amigas desiludiram-se com a sua terra, que era chamada NAMPULA a linda cercada de belas serras, como esta.





 



A minha" Nacala, aqui ao lado....

estava um pouco melhor












A Escola Primária







A praia de Fernão Veloso



(vistas do complexo)

Não poderei no entanto deixar de referir que "os antigos", amigos ou apenas conhecidos são, ou melhor, continuam a ser, como nossos "anjos protectores". Querem receber-nos, facilitam-nos a vida, sentimo-nos "em casa" e podemos contar com eles.
Por isso irei começar por contar as "peripércias" mais interessantes e mostrar também coisas novas......

No Domingo dia 21 o grupo, foi almoçar ao Restaurante CRISTAL, no Maputo, com o Manuel da Cruz Viola, o João Taborda e irmã Ema e ainda o Paulo Pires Teixeira que também lá se encontravam.

Uma festa!


E fomos passear pelo:

Jardim dos namorados...





E andámos nos lindos "Tuc-Tuc"

( Mini taxi para passear pela cidade)...


No dia 22 decidimos alugar um jeep e com o João Taborda ir até ao Bilene, onde depois da praia, dum bom almoço, (apenas grelhados de bom peixe e marisco) regados com a saborosa cerveja "Laurentina" e ou a 2 M., demos um passeio de barco até ao mar alto.

Um dia para recordar com saudade!








Dia 23- Terça-Feira, pelas 11H00, depois de já ter chegado de Portugal a nossa amiga Nita (Maria de Jesus), seguimos no voo da LAM, para NAMPULA.

Aguardava-nos a Maria José Baptista, que estava muito feliz por voltar a rever as amigas de "outros tempos".
Depois do almoço , já com a Mini-bus com motorista, seguimos rumo à praia de Fernão Veloso em Nacala, onde ficámos neste lindo resorte, "NEPALA".


E no dia seguinte, fomos comer o bom peixe fresco e grelhado no Restaurante "Baía Azul" pertencente a um filho mais novo do Pedro Pinto e demos uma volta pela cidade onde verifiquei que está mais limpa que há 5 nos atrás.




e vimos os sempre lindos... embondeiros




Dia 25 seguimos viagem para a tão desejada praia das Chocas. Ficámos no resorte "CARRUSCA", numa picada a uns 4 kms. A Nita quis ver as duas casinhas que foram do pai (que estavam bem cuidadas), antes de seguirmos para a "nossa grande palhota" no Resorte.




A paisagem para as Chocas, como poderão constactar é fabulosa, com a mistura do verde dos coqueiros e o azul do céu e do mar...


Lagostins grelados nesse dia, pois era o aniversário da Ilda Santos. A Nita aproveitou logo para encomendar ao pescador, caranguejos para o dia seguinte. Uma "barrigada"......

Logo pelas 7 horas da manhã do outro dia, já alguns estavam na praia, pois a água estava uma maravilha!
O jovens Pedro e Lídia, admiraram-se por o mar estar tão quentinho logo tão cedo. Águas do Índico!
O almoço foi num restaurante onde a Nita "descobriu"com alegria uma nova prima (o tio tinha deixado por lá suas "marcas"...). Muito interessante.
Depois do almoço ainda fomos até à Ilha de Moçambique, que não sei se voltará a ser o que era...



Mas... a vista do mar...

é sempre eternamente bela!!!



SÁBADO, 27 regressámos a Nampula, pois já tínhamos o jantar "prometido" em casa da Maria José e José Baptista. Um banquete, claro! Até leitão teve. E um grande bolo no final com os dizeres:
"BEM-VINDOS A NAMPULA, 
AMIGOS DO ANTIGAMENTE,
que muito nos sensibilizou.










Depois... "descobrimos" mais um amigo da nossa E.I.C. o Remtula Jivá, que tinha regressado de novo.

Foi passar connosco o dia aos "Montes do Nairuco", a uns Kms de Nampula, onde almoçámos . Também ele nos convidou para um jantar de caril na Segunda Feira em sua casa, dia em que o Taborda chegava para uma visita ao Norte.



Foram momentos de muita amizade, carinho e de muitos "mimos" por parte de todos.

Obrigada Jivá pela amizade

e pelas deliciosas atas no final do jantar....





E fomos visitar a "nossa" antiga Escola - E.I.C.
























Em Vilanculos...